Olá!

Seja bem vindo!

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Bakhita



Dias atrás conheci a história da Bakhita, tida esse nome por ser considerada uma menina de sorte. A africana Bakhita sofreu muito após a morte de sua mãe. Levada como escrava, a afortunada não sabia que sofria. Apenas vivia para servir aos outros e sempre havia um sorriso de plena bondade e maciez em seu rosto.
Certo dia, reconheceu-se diante do amor que descobriu com uma menina, conhecida como Aurora, filha do homem que a trouxe da África para a Europa...

***

Há religião que considera algumas pessoas santas, devido à sua dedicação e cuidados com outras pessoa, e há outra religião que considera santo apenas a Deus. Não importando a religião que acreditamos, penso que devemos nos espelhar em pessoas como a Santa Bakhita, que mantinha um sorriso lindo em seu rosto mesmo em meio de enfermos.

***

Aproveitando o espaço, quero dedicar isto à minha avó que faleceu há dois dias.

3 comentários:

  1. toda religião liberta e escraviza temos que saber separar aquilo que e bom

    ResponderExcluir
  2. meus sentimentos pela sua avó :(

    ResponderExcluir